Pesquisa CNT comprova melhoria nas BR-364/365 após concessão

Compartilhe nosso Trabalho

Todos os indicadores analisados apresentaram evolução após chegada da Ecovias do Cerrado

Em apenas dois anos, os 437 km da BR-364/365, que interligam Jataí-GO e Uberlândia-MG, apresentaram salto significativo na qualidade e nas condições de tráfego aos usuários. É o que mostra a Pesquisa de Rodovias 2021 divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), que classificou como Bom ou Ótimo as condições encontradas em todos trechos da rodovia sob administração da Ecovias do Cerrado. Ainda segundo a entidade, a concessão apresenta um estado superior a 61,8% da malha viária do País.

Se comparada com a última pesquisa, divulgada em 2019 – quando o trecho ainda não era concessionado – a BR-364/365 apresentou melhorias em toda a sua extensão, com índice geral de 88% para Bom, e 12% para Ótimo. Ao contrário da última pesquisa, não houve trechos com classificações Regular, Ruim ou Péssimo.

Para o Diretor Superintendente da Ecovias do Cerrado, Luis Carlos Lima Salvador, os dados refletem os investimentos feitos pela empresa, que completa em janeiro próximo 2 anos de operação. Entre o início de 2020 e julho de 2021, quando foi encerrada a pesquisa, a concessionária já havia aplicado R$ 359,3 milhões em todo o trecho, em serviços como repavimentação, obras de engenharia, manutenção, sinalização, limpeza e roçagem, além do atendimento ao usuário. “Oferecer as melhores condições de segurança e trafegabilidade em uma rodovia traz benefícios não apenas aos usuários, que são diretamente influenciados, mas a todas as comunidades do entorno. O escoamento de mercadorias é facilitado, empregos são gerados e a economia se aquece”, afirma Salvador.

TRECHOGERALPAVIMENTOSINALIZAÇÃO
RodoviaDeParaExtensão201920212019202120192021
BR-364Divisa MG-GOCaçu-GO90 kmBomBomÓtimoÓtimoRuimBom
BR-364Caçu-GOJataí-GO102,7 kmRegularBomRegularBomRegularBom
BR-365Uberlândia-MGXapetuba-MG27 kmBomBomBomÓtimoRegularBom
BR-365Xapetuba-MGTrevão-MG53 kmBomÓtimoÓtimoÓtimoRegularBom
BR-365Trevão-MGItuiutaba-MG42,6 kmRegularBomBomÓtimoPéssimoBom
BR-365Ituiutaba-MGDivisa MG/GO121,7 kmRegularBomBomÓtimoRuimBom

ÓTIMA PAVIMENTAÇÃO

A pavimentação da BR-364/365 foi o indicador que apresentou maior índice de aprovação. A pesquisa classificou como Ótimo as condições encontradas em 76% do trecho sob administração, o equivalente a 334,3 quilômetros de extensão viária. Outros 24% da via foram classificados como Bom. Em um comparativo com 2019, as classificações da rodovia foram: 24% Regular, 44% Bom e 33% Ótimo.

O Gerente de Engenharia da Ecovias do Cerrado, Miqueias Neuenfeld, ressalta o trabalho das equipes de obras e conservação para a obtenção dos indicadores. De janeiro de 2020 até julho de 2021, a concessionária aplicou 150 mil toneladas de massa asfáltica em serviços como de restauração e repavimentação, que visam dar melhores condições de tráfego. Além disso, diariamente, também são executados trabalhos de roçada, recuperação de taludes e limpeza.

ESTÁ 100% BOM

No quesito salto de qualidade, as sinalizações horizontal (faixas) e vertical (placas) da BR-364/365 também tiveram indicadores expressivos. Em 2019, as condições eram consideradas Ruim ou Péssimo em 58% do trecho, principalmente na região de Ituiutaba-MG e divisa Minas/Goiás.

A última pesquisa, por sua vez, avalia com Bom as condições de sinalização encontradas em 100% do trecho, de Uberlândia (MG) a Jataí (GO).

Para promover essa mudança de patamar, a Ecovias do Cerrado executou diversas frentes, como obras viárias, sinalização e conservação, com implementação de 390 mil metros quadrados de novas faixas, 6,4 mil novas placas e outras 190 mil tachas refletivas até julho de 2021.

TRINTA ANOS DE AVANÇOS

As melhorias realizadas em menos de dois anos e agora atestadas pela Pesquisa CNT são uma pequena amostra do que a Ecovias do Cerrado irá executar ao longo dos 30 anos de concessão.

Nesse período, a concessionária irá implantar 44 km de pistas duplicadas, 68 km de faixas adicionais, 87 km de acostamentos, 19 km de vias marginais, 140 novos acessos, 20 rotatórias, 7 passarelas, além de uma série de outras intervenções que trazem melhores condições de conforto, segurança e trafegabilidade ao usuário.

Algumas dessas obras já estão em execução, como é o caso da implantação de 42 km de acostamentos, 2,3 km de terceiras faixas, uma correção de traçado de curva e 21 novos acessos, a serem entregues no início do ano de 2022 na BR-364.

Até o final da concessão, a Ecovias do Cerrado irá investir mais de R$ 4 bilhões e gerar 3 mil empregos diretos e indiretos.

Sobre a EcoRodovias

A EcoRodovias, subsidiária do Grupo ASTM, é uma das maiores empresas de infraestrutura rodoviária do Brasil. Ao longo de mais de 20 anos, expandiu sua presença em corredores rodoviários de importação e exportação, bem como em relevantes eixos turísticos do país. Atualmente, administra 9 concessões de rodovias que somam 3.368 quilômetros de extensão em oito estados nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Norte e Nordeste. Além disso, gerencia dois ativos logísticos – um pátio regulador e um terminal portuário que atendem ao Porto de Santos, o maior da América Latina. Para mais informações: www.ecorodovias.com.br.

Texto e foto: colaboração/Assessoria de Imprensa da EcoRodovias

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*