Produtos sem conservantes artificiais viram tendência

Compartilhe nosso Trabalho

Proposta conhecida como Clean Label está cada vez mais se destacando no setor de alimentos e bebidas

Não há dúvidas de que o mercado de alimentos saudáveis está crescendo cada vez mais, chegando a movimentar cerca de US$ 35 bilhões anualmente, segundo os dados da agência de pesquisa Euromonitor Internacional. E 59% dos brasileiros, de acordo com a Kantar, líder global em dados, insights e consultoria, declaram buscar produtos livres de conservantes artificiais, os chamados Clean Label, que despontam como a maior tendência para 2021. 

Faz sentido. Aditivos químicos possuem potencial efeito toxicológico e, em excesso, podem gerar doenças crônicas, como diabetes e hipertensão.

No Brasil, algumas marcas que já se atentaram a isso são Annora (www.annora.com.br) e Kiro (www.bebakiro.com), ambas de bebidas, e Landê (www.lande.fit), que comercializa cremes nutritivos de frutas.

No caso da Landê, categoria inédita de alimentos, ser Clean Label foi o ponto de partida. Feitos à base de frutas, oleaginosas e sementes, seus produtos têm a textura ao mesmo tempo cremosa e crocante, e temperatura gelada como um sorvete, mas o processo industrial é tão diferente que foi requerida a patente. Não é utilizado nada químico e nada de origem animal, ou seja, em sua fórmula não há conservantes, goma, corantes, espessantes, leite, ovos, emulsificantes, açúcar e nem adoçante.

O processamento é mínimo, resultando em um produto rico em fibras, antioxidantes naturais, vitaminas E, A e C, vitaminas do complexo B, ômegas 3 e 9, zinco, cálcio, ferro e selênio. Além disso, o teor de sódio é muito baixo.

O objetivo é abranger um público maior, como veganos, intolerantes a lactose e glúten, diabéticos e, especialmente, pessoas que buscam itens zero açúcar e sem adição de químicos.

São três os sabores disponíveis atualmente – chocolate rústico, morango silvestre e banana com amêndoas – e, em breve, serão lançados outros, inclusive alguns sazonais. Todos têm em sua composição superfoods e são adoçados com tâmaras. Os cremes podem ser consumidos entre as refeições, para gerar saciedade, e ainda no café da manhã ou como ingredientes de receitas saudáveis. Ideais para uma alimentação consciente e equilibrada.

O Landê já pode ser encontrado nas lojas da rede St. Marchê, Empório Santa Maria, Lojas Korin, Empório 4 Estrelas, Empório Frutaria, Empório Melinda e Julius e Empório Natuhall. Em breve, estará em outros locais das cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Sobre a Landê

A marca Landê foi criada pelo casal Alessandra Caramico e Javier Fernandez Sanchez, ele chef formado pelo Cordon Bleu, ela especialista em Marketing e Estratégia. Quando pararam de fumar, engordaram muito e não encontraram produtos nutritivos e saborosos para começar uma dieta. Foi então que Javier começou a estudar diferentes técnicas e ingredientes para produzir algo que fosse gostoso e saudável e nutritivo simultaneamente.

Foram seis meses de desenvolvimento, com o apoio de médicos e nutricionistas, até chegar à versão atual.

O termo foi inspirado na palavra Iandê, que, em tupi, significa “nós”. A ideia é colocar o consumidor como protagonista de seu consumo.

Mais informações podem ser encontradas no site www.lande.fit ou nos perfis de Instagram e Facebook @lande.fit.

Colaboração da AD Comunicação & Marketing

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*