Vacina chinesa de combate a Covid-19 chega no Rio Grande do Sul

Foto de Bruno Todeschini/PUCRS.
Compartilhe nosso Trabalho

Em breve, os testes clínicos serão aplicados no Hospital São Lucas da PUCRS em profissionais da saúde selecionados após as inscrições como voluntários 

Vinda do Instituto Butantan, a vacina chinesa CoronaVac que está sendo testada no Brasil para combater a Covid-19, chegou, no Rio Grande do Sul, na última segunda-feira, dia 3 de agosto, no Hospital São Lucas da PUCRS (HSL). A equipe do HSL, que teve mais de 5 mil inscrições de voluntários interessados em participar do estudo, recebeu, a tarde, os primeiros lotes com os insumos para a testagem. 

A lista com os 850 profissionais da saúde que serão envolvidos no processo deve ser finalizada nesta semana, para que em seguida os testes possam ser agendados. Os participantes serão divididos em grupos e após receberem as injeções, serão monitorados continuamente para documentação dos resultados. 

A chegada das doses da vacina para testes em fotos são de Bruno Todeschini/PUCRS. 

Um marco, a chegada das doses 

Segundo Saulo Bornhorst, diretor técnico do HSL, desde o início da pandemia, com uma intensa preocupação da população, os testes clínicos da CoronaVac podem ser tornar uma grande solução. “Imaginamos que o desfecho positivo mais provável para essa situação do coronavírus seja pela vacinação. Essa chegada das doses é um marco. A pesquisa tem um protocolo de preenchimento de dados. Os voluntários preencherão um formulário, tem o termo de responsabilidade”, comenta o diretor técnico do Hospital. 

Texto de Eduardo Wolff/Assessoria do Hospital São Lucas da PUCRS

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*