Valparaíso perde Arquicelso Bites, um dos políticos mais conhecidos na cidade

Compartilhe nosso Trabalho

Aos 53 anos, ex-presidente da Câmara Municipal de Vereadores não resistiu à covid-19 e faleceu na última terça-feira, 30

Por Amarildo Castro – A cidade de Valparaíso de Goiás continua a lamentar seus mortos pela covid-19, e dessa vez, todo o quadro político da cidade, assim como amigos próximos e familiares, lamentam a morte de Arquicelso Bites, um dos políticos mais conhecidos e carismáticos da região. Ele não resistiu à covid-19, após ser entubado no Hospital Regional de Luziânia-GO. Antes, chegou a ser internado no CAIS de Valparaíso, onde depois foi transferido para Luziânia. Ao todo, ficou em tratamento por cerca de 12 dias. O ex-vereador deixa esposa e dois filhos.

Pela cidade, especialmente no quadro de políticos, a comoção nesta quarta-feira, 31 é grande. Em um pronunciamento na abertura da sessão ordinária desta quarta-feira, 31, o atual presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Valparaíso, parlamentear Plácido Cunha, citou a importância da participação de Arquicelso na política. “Perdemos um amigo, uma liderança atuante, estamos muitos tristes”, citou.

Amigo de legenda e na política, o ex-vereador Professor Silvano também foi uma das lideranças a lamentar a perde. “O mais triste é não poder fazer uma homenagem digna por causa de protocolos, mas fica aí o exemplo de quem se dedicou à cidade”. comentou. ele ainda acrescenta que perdeu um grande amigo e um ‘professor’ na política, um ‘irmão’.

Arquicelso foi vereador na gestão 2001 a 2024

Aos 53 anos, Bites era um dos políticos mais atuantes na cidade. Eleito parlamentar em 2001 pelo PT, sendo à época um dos mais votados na cidade, Arquicelso foi um vereador atuante, presidiu o Legislativo local naquela gestão, e nunca mais parou. No mandato de Agnelo Queiroz (PT), no Distrito Federal, chefiou a Secretaria do Entorno, onde sua intenção era colaborar com a Região Metropolitana do DF, carente no período por investimentos.

Ao deixar a pasta, continuou seu trabalho em Valparaíso de Goiás, onde atuava ainda como advogado e sua família tinha um ateliê de embalagens para doces e utilidades.

Arquicelso veio de uma família de 22 irmãos, e boa parte deles gostavam de política. Antônio Bites, por exemplo, foi vereador por duas vezes em Valparaíso.

Devido aos procedimentos frente ao coronavírus não haverá velório. Um cortejo (de carro) foi programado para sair do Fórum de Valparaíso às 13h, passando em frente ao Cebam, colégio da família, e depois em direção ao Cemitério Jardim Metropolitano, onde o enterro será imediato.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*