Caiado teria algum concorrente para 2022?

Compartilhe nosso Trabalho

Governador se mostra cada dia mais forte, especialmente com sua política de valorização da Educação, e maior cuidado com o Entorno de Brasília

Se as eleições 2022 fossem neste mês de agosto, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) dificilmente teria um concorrente à altura. Isso porque a conjuntura política do Estado mostra a cada dia que será necessário uma colisão muito forte e consolidada para bater de frente com a tropa de choque do atual mandatário.

Eleito no primeiro turno em 2018, Caiado, embora seu governo tenha desafios, vem mostrando que dificultou as coisas especialmente para o grupo do ex-governador Marconi Perillo (PSDB), que além de tudo, ninguém sabe se vai de fato concorrer, depois dos entraves ao deixar a gestão, com as denúncias de corrupção, e ligação com grupos que sofreram investigações por parte da polícia.

Além da bom desempenho político, sempre agregando, pesa para Caiado os investimentos na Educação. Hoje o Ideb de Goiás está entre os mais altos do país. Além disso, adotou uma postura para o Entorno do DF nunca feita antes por outros governadores de Goiás. Está em tudo e em todas, sempre trazendo investimentos para cidades que antes mal recebiam visitas de um governador, como Valparaíso, Águas Lindas, Luziânia, Ocidental, Santo, Novo Gama entre outras.

Por outro lado, Daniel Vilela, o homem forte do MDB em Goiás, mantém bom relacionamento com Caiado, o que leva a crer que os dois podem estar do mesmo lado nas próximas eleições. Depois de Caiado, muitos dizem que Daniel é o segundo nome na política goiana. Já o ex-governador José Elito, depois de amargar a terceira colocação nas eleições de 2018, não deve ter mais ‘músculos’ para peitar Caiado de novo. É aguardar para ver no que vai dar daqui até outubro de 2022.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*