Caminhoneiros anunciam greve para início de novembro caso não sejam atendidos pelo Planalto

Compartilhe nosso Trabalho

Após sucessivos aumentos dos combustíveis, especialmente o óleo diesel, um grupo de caminhoneiros do Brasil anunciou, em reunião no Rio de Janeiro, no último sábado, 16, uma greve geral para o dia 1o de novembro caso não tenham suas reivindicações atendidas pelo presidente Bolsonaro (sem partido). O grupo, além de pedir a diminuição dos valor do litro do diesel, quer ainda constitucionalidade do Piso Mínimo do Frete, além de aposentadoria após 25 anos de contribuição ao INSS.

O estado de greve por enquanto é apoiado por várias associações ligadas aos caminhoneiros, mas não tem adesão da Abcam, a Associação Brasileira de Caminhoneiros. As informações foram publicadas no site uol.com.br. A foto é de Amarildo Castro

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*