Enel Goiás entrega obras essenciais em Rio Verde

Compartilhe nosso Trabalho

Distribuidora investiu mais de R$ 50 milhões nas duas subestações. 

Obras vão permitir a melhoria da qualidade da energia fornecida à região e a liberação de carga para atendimento à demanda de produtores rurais e indústrias. 

Como parte do seu compromisso de transformar a realidade da distribuição de energia elétrica no Estado, a Enel Distribuição Goiás está investindo mais de R$ 50 milhões em duas grandes obras em Rio Verde, em uma das regiões mais ricas e produtivas do Estado. A companhia entrega nesta quinta-feira (11) uma nova subestação na cidade, a Ipê, e a ampliação e modernização da Subestação Cabriúva, obras que vão melhorar a qualidade do fornecimento de energia na região e liberar carga para atender à demanda de produtores rurais e indústrias. Devido à pandemia, o ato simbólico de inauguração será virtual e contará com a participação de autoridades e convidados.  

A Enel Distribuição Goiás está investindo cerca de R$ 36 milhões na Subestação Ipê, que é a primeira subestação compacta a ser inaugurada em Goiás. Nesse formato são utilizados equipamentos multifuncionais, que evitam a necessidade de grandes espaços e terrenos, e toda a operação é 100% digital, com a tecnologia mais moderna disponível do mercado. De acordo com o diretor-presidente da Enel Distribuição Goiás, José Luis Salas, a nova unidade terá dois transformadores de 25 MVA cada e acrescentará 50 MVA de potência ao sistema elétrico da região. “Para se ter uma ideia, esses dois equipamentos são capazes de fornecer energia para uma cidade com 50 mil residências”, compara. Além da subestação, a empresa está construindo 46 quilômetros de redes de distribuição, que levam a energia da subestação para os clientes.  


Salas acrescenta que a subestação compacta trabalha com os dois transformadores com no máximo 60% do seu carregamento. Em caso de falha em um dos equipamentos, toda a carga pode ser transferida para o outro, ficando com 120% de carregamento até que os reparos necessários sejam realizados. “Essa possibilidade de manobra nos dá muito mais confiabilidade a todo o sistema. Além disso, todos os aparelhos instalados serão telecomandados, ou seja, todas essas ações poderão ser feitas pelo nosso Centro de Operação, localizado em Goiânia. Isso traz mais agilidade à operação”, ressalta.  

A Subestação Ipê também contará com dois bancos de capacitores, equipamentos que aliviam o sistema elétrico, melhoram a qualidade da energia distribuída para os clientes e evitam oscilações nos níveis de tensão, mantendo o fator de potência dentro dos limites regulamentados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).  

Modernização 

Também será entregue a ampliação e modernização da Subestação Cabriúva, que teve investimentos de aproximadamente R$ 16 milhões. Na unidade foi instalado um segundo transformador de 20 MVA de potência, além de banco de capacitor. Ainda estão sendo construídos 23,5 quilômetros de rede de distribuição associada ao novo transformador.  

De acordo com Salas, todas essas obras vão melhorar os níveis de tensão e de carregamento, possibilitando o atendimento à crescente demanda de energia em Rio Verde. “Sem contar que a entrada em operação do novo transformador vai reduzir as cargas das outras duas subestações do município, evitando desarmes e falhas”, explica. 


Nesta semana, a companhia também vai entregar outras duas grandes obras, em Goiânia: a nova Subestação Santa Genoveva e a ampliação e modernização da Subestação Meia Ponte. As entregas serão realizadas nesta sexta-feira (12), de forma online devido à pandemia, com a presença de autoridades e de convidados. 

Desde que assumiu o controle da distribuição de energia em Goiás, em fevereiro de 2017, a Enel tem investindo fortemente em obras estruturais de construção, ampliação e modernização de subestações em todo o Estado. Nos quatro primeiros anos, foram entregues 12 novas subestações e ampliadas e modernizadas outras 93 unidades. “Em 2021, seguiremos investindo fortemente em novas unidades e em melhorias nas estruturas existentes de todas as regiões goianas. Para se ter uma ideia, a previsão é de que sejam entregues outras 11 novas subestações e modernizadas e ampliadas outras 54. Essa é mais uma prova de que não estamos medindo esforços para transformar a realidade do fornecimento de energia em Goiás”, finaliza Salas.  

Sobre a Enel Distribuição Goiás  

A Enel Distribuição Goiás, subsidiária da multinacional italiana Enel, atende 237 municípios do Estado de Goiás, abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km². A Região Metropolitana de Goiânia representa a maior concentração do total de 3 milhões de clientes atendidos pela companhia. 

Texto e foto: colaboração/assessoria da Enel Distribuidora Goiás

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*