Greve nas escolas públicas do DF nesta quarta-feira, 3, deve ser parcial

Compartilhe nosso Trabalho

De acordo com algumas Regionais de Ensino, somente parte dos professores aderiram ao movimento

Quem tiver alguma dúvida sobre a suposta greve dos professores da Rede Pública de Ensino do DF, em movimento coordenado pelo Sinpro-DF, o sindicato que representa a categoria local, é melhor ligar na unidade escolar, porque é incerta a greve, assim como pode ser incerto que séries terá aulas. Isso porque a queda de braço entre o GDF e o Sinpro continua, onde o sindicato afirmou em vídeo que a adesão será em massa, enquanto em grupos de WhatsApp das escolas, há turmas que serão afetadas pela greve, outras não.

De acordo com Leandro Andrade, diretor da Coordenação Regional de Ensino do Guará, a orientação do governador Ibaneis é para que haja aulas, e para isso, a rede estaria preparada. “Nossa parte vamos fazer, como não temos gerência alguma sobre greve, vai de cada professor querer trabalhar ou não, mas a nossa regional está pronta para a volta às aulas com 100% presencial”, garantiu Leandro Andrade.

Por outro lado, o GDF ameaça corta o ponto de quem aderir à greve, o que não intimida o Sinpro-DF.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*