Na Seduc Itinerante em Novo Gama, secretária Fátima Gavioli anuncia o lançamento do Equipar 2 e do Reformar 3

Compartilhe nosso Trabalho

Reunião de trabalho foi realizada no CEPMG José de Alencar. Participaram do encontro gestores de 25 unidades escolares de Novo Gama, Valparaíso de Goiás e Cidade Ocidental

Em mais uma edição do projeto Seduc Itinerante, a secretária Fátima Gavioli participou nesta sexta-feira (1º/10) de uma agenda de trabalho com 25 gestores das unidades escolares da rede estadual dos municípios de Novo Gama, Valparaíso de Goiás e Cidade Ocidental.

O encontro foi realizado no auditório do Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) José de Alencar, em Novo Gama. Durante a reunião, Fátima Gavioli apresentou uma prestação de contas dos investimentos feitos pelo Governo de Goiás de 2019 até agora nas escolas e colégios dos três municípios. As instituições de ensino receberam recursos da ordem de 43,5 milhões.  

Após destacar a importância do trabalho dos gestores para os avanços na educação pública na Regional de Novo Gama, a secretária explicou que as mudanças realizadas na Secretaria de Educação do Estado em 2019 foram feitas de forma planejada e com foco na eficiência da gestão. “A economia feita é que nos possibilitou investir, a partir de 2020, na melhoria da infraestrutura das escolas, na compra de equipamentos e na valorização dos servidores, assegurando o Auxílio-Alimentação e agora o Auxílio de Aprimoramento Continuado”, acrescentou ela.

Gestão eficiente

A secretária lembrou que hoje a realidade das unidades educacionais é bem diferente do início da gestão do governador Ronaldo Caiado. “Nós fazemos parte de um governo que veio para fazer a diferença na educação e está fazendo dia a dia. E vocês têm acompanhado isso de perto”, frisou Fátima Gavioli.

A secretária chamou a atenção dos diretores para que sempre consultem sua equipe antes de definir o que é prioridade nas aquisições para suas instituições de ensino. “Nem sempre a gente sabe o que a merendeira ou as funcionárias dos serviços gerais estão precisando para melhorar ainda mais o seu trabalho. Então é sempre é bom ouvir todos que trabalham na unidade escolar”.

Fátima Gavioli comentou ainda sobre a importância da descentralização dos recursos destinados às unidades educacionais. “É uma forma de mostrar que nós acreditamos na seriedade e na responsabilidade dos gestores. E o repasse para a conta dos Conselhos Escolares também tem uma abrangência mais ampla, que é movimentar a economia local e gerar empregos na região da escola”, acrescentou.

Em primeira mão, a secretária anunciou que o Governo de Goiás deverá lançar, em breve, a segunda etapa do programa Equipar e a terceira do programa Reformar. E desta vez em um grande evento com a presença dos 1.049 gestores educacionais da rede estadual. O Equipar 3 continuará sendo no valor de R$ 157 mil e desta vez deve priorizar a instalação de energia solar, poço artesiano e a implantação do sistema de segurança eletrônica nas escolas.

Seduc Itinerante

A coordenadora regional de Educação (CRE) de Novo Gama, Carla Moreno, elogiou a iniciativa do projeto Seduc Itinerante e considera de suma importância essa proximidade com a equipe da CRE, com os gestores, alunos, professores e a comunidade escolar. “Essa oportunidade de estarmos com a secretária é excelente. Reforça o sentido de união, de apoio, de parceria. E esse é o nosso lema de trabalho, todos juntos ficamos mais fortes”, frisou.

O diretor do CEPMG José de Alencar, major Gileno Euzébio da Silva, pediu a palavra para frisar que desconhece um governo que tenha feito tantos investimentos em laboratórios e na melhoria do ensino público como o governador Ronaldo Caiado. “Quando assumi a gestão dessa escola, nosso laboratório era uma sala que só tinha um esqueleto para as aulas de anatomia. Agora temos impressora 3D, kits de robótica, microscópios de última geração, balança eletrônica de precisão, entre tantos outros equipamentos”, salientou.  

A gestora Tânia Regina Cruz Santos, do Colégio Estadual Cidade Ocidental, reforçou a fala do major Gileno. De acordo com ela, é a primeira vez que sua escola recebe tantos investimentos em tão pouco tempo. “Eu tenho 22 anos de Estado e percebo o quanto a educação em Goiás está sendo valorizada pelo governo. O investimento não é só financeiro; é afetivo, é socioemocional, é pedagógico. É um momento ímpar vivido por todos nós. Ainda existem fragilidades, mas somos potencialidade”, completou.

Gilson Lopes Maia, gestor do Colégio Estadual Hebert de Souza, em Novo Gama, comentou que nunca viu tantos investimentos destinados à melhoria da infraestrutura das escolas como nos últimos dois anos e meio. “E olha que sou diretor há mais de dez anos”, disse, acrescentando que sua escola estava necessitando bastante da reforma e dos novos equipamentos.

O diretor também elogiou o projeto Seduc Itinerante. Ele considera que a comunidade escolar sente a falta desse contato direto com a Secretaria de Educação. Para ele, a iniciativa também permite que a secretária conheça de perto a realidade das escolas e possa trazer ainda mais melhorias.

A reunião no CEPMG José de Alencar contou ainda com as presenças da secretária municipal de Educação de Valparaíso de Goiás, Rudilene Fabiana, e da professora Maria de Lourdes de Oliveira, representando o secretário municipal de Educação de Novo Gama, Carlos Alves dos Santos.

Conversa com alunos

Após o encontro com os gestores, a secretária Fátima Gavioli fez uma visita aos alunos do 3º ano do Ensino Médio e ao laboratório de Informática do CEPMG. Na conversa com eles, ressaltou o padrão de excelência no ensino e na estrutura do colégio e chamou a atenção para que não percam a oportunidade que o Governo de Goiás está dando para que tenham uma boa formação.

“A vida passa muito rápido e nessa fase, vocês nem percebem isso, mas passa. Então eu peço que aproveitem para estudar o máximo que puderem. Se vocês focarem agora nos estudos, vocês serão as pessoas que garantirão a mobilidade social em suas famílias, conquistando bons cargos e melhores salários. Estudar nos dá a oportunidade de fazer boas escolhas”, disse ela.

A secretária afirmou que hoje, de cada 70 mil alunos que concluem o 9º ano do Ensino Fundamental, apenas 37 mil entram no 1º ano do Ensino Médio. E desses, apenas 21 mil terminarão essa etapa de ensino. “Por isso, vocês já podem se considerar vencedores”, disse ela, acrescentando que infelizmente muitos deixam a escola no final do Ensino Fundamental II e vão se tornar mão de obra barata no mercado por falta de qualificação profissional.

Caic e Cepi Dona Nita  

Após a agenda do CEPMG José de Alencar, a secretária de Educação de Goiás foi ao Caic Novo Gama, que está prestes a passar por uma reforma estrutural completa e, a partir de 2022, passará a funcionar como Centro de Ensino em Tempo Integral (Cepi).

Em seguida, Fátima Gavioli fez uma visita ao Cepi Antônia Chaves das Dores (Dona Nita), também em Novo Gama. A unidade escolar passa por uma reforma completa, que deverá estar concluída em breve. O valor dos serviços foi de R$ 462 mil. A unidade recebeu recursos também do Equipar (R$ 157 mil) e do programa Reformar (R$ 32 mil).

O colégio possui 15 salas de aula, dois laboratórios e atende 497 alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.  Ao lado do prédio está sendo construída a sede própria da Coordenação Regional de Educação de Novo Gama.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*