Natação e o inverno: Metodologia Gustavo Borges mostra como a prática desempenha um papel crucial no aprimoramento do sistema imunológico

  • Combate às doenças respiratórias, aumento da imunidade, fortalecimento, estímulo à circulação, controle de peso e redução do estresse são alguns dos benefícios que a prática da modalidade traz ao corpo humano

Duas crenças fora de contexto são muito comuns quando se fala sobre a prática de natação: o aprendizado ser realizado apenas na primeira infância e ter de parar de nadar durante o inverno, devido às temperaturas mais baixas.

Isso não é verdade! Por isso, cabe a gestores e professores de estabelecimentos com piscina levar as informações corretas aos alunos e clientes. E a Metodologia Gustavo Borges tem isso na mira e trabalha para ajudar nesse sentido.

Tanto na criação de estratégias para incentivar adultos que não sabem nadar a buscar esse aprendizado como para a ambientação confortável para as pessoas não fugirem da piscina quando o termômetro marca temperaturas mais baixas.

Também é importante lembrar que são inúmeros os benefícios da natação ao sistema imunológico. “É justamente fazendo aulas de natação que muitos acabam não ficando doentes no inverno”, diz Almir Marchetti, líder pedagógico da MGB.

Sendo assim, alguns benefícios são:

  • Fortalecimento geral: é essencial destacar que a natação é uma atividade que engloba diversos grupos musculares. A repetição controlada dos movimentos na água não apenas tonifica os músculos, mas também impulsiona a produção e a eficácia das células do sistema imunológico.
  • Estímulo à circulação sanguínea: a prática regular da natação promove uma circulação sanguínea aprimorada. Esse aumento no fluxo sanguíneo facilita o transporte eficiente de células imunológicas pelo corpo, otimizando a resposta do sistema imunológico a agentes invasores.
  • Redução do estresse: a natação, ao liberar endorfinas durante a atividade, contribui para a redução do estresse, evitando possíveis impactos negativos no sistema imunológico.

Há, ainda, os benefícios por idade, tais como desenvolvimento harmonioso (a prática da natação contribui para um desenvolvimento físico e mental equilibrado, essencial para fortalecer o sistema imunológico nessa fase crucial), estímulo a hábitos saudáveis (desde a infância, a natação promove a adoção de hábitos saudáveis, incentivando um estilo de vida ativo e robustecendo as defesas naturais do organismo) para crianças e adolescentes.

Já para os adultos, a prática do esporte auxilia no controle do peso, evitando o acúmulo de gordura, fator que pode comprometer a eficiência do sistema imunológico; na melhora da resistência, pois ela prepara o corpo para enfrentar desafios e fortalece as defesas imunológicas.

Por fim, aos idosos, a natação oferece vantagens específicas, como preservação da mobilidade (como é uma atividade de baixo impacto, ela preserva a mobilidade articular e muscular em idades avançadas, contribuindo para manter um sistema imunológico ativo), estímulo cognitivo, pois, além dos benefícios físicos, a natação colabora para a manutenção da saúde mental e, consequentemente, do sistema imunológico.

Cuidados essenciais para evitar riscos à saúde:

Para garantir que a prática da natação seja benéfica e segura, é crucial observar alguns cuidados:

  • Higiene adequada: de antemão, manter uma higiene rigorosa é essencial para evitar infecções. Tomar uma ducha antes e depois das aulas é fundamental;
  • Verificação da qualidade da água: sobretudo, se certificar de que a piscina atende aos padrões de qualidade é crucial para prevenir exposição a micro-organismos prejudiciais;
  • Uso de equipamentos de proteção: em outras palavras, o uso de equipamentos de proteção, como toucas e óculos, minimiza o risco de irritações e infecções.

Além dos aspectos relacionados ao sistema imunológico, a prática da natação oferece diversos benefícios adicionais: melhora da postura (a natação contribui para a melhoria da postura, evitando dores nas costas e promovendo o bem-estar geral), aumento da capacidade respiratória (por exemplo, a natação fortalece os músculos respiratórios, ampliando a capacidade pulmonar e beneficiando a oxigenação do corpo) e estímulo à socialização (as aulas de natação também proporcionam oportunidades de socialização, promovendo o senso de comunidade e o bem-estar emocional).

Em conclusão, ao considerar todos esses aspectos, torna-se evidente que a natação é não apenas uma atividade prazerosa, mas também uma ferramenta valiosa na promoção da saúde e no fortalecimento do sistema imunológico em todas as fases da vida. “Implementar a natação de forma regular e consciente pode ser a chave para uma vida mais saudável e resiliente, garantindo benefícios duradouros para o corpo e a mente”, completa Marchetti.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*