10ª Zonal deve ter configuração política acirrada em 2022

Compartilhe nosso Trabalho

Debandada do Grupo Eu Quero para uma carreira solo pode interferir no resultado das eleições

Por Amarildo Castro – Está dando o que falar, a debandada do Grupo Eu Quero, na região da 10ª Zonal, que inclui Núcleo Bandeirante, Candangolândia e Park Way. Agora, lideranças ligadas e esse grupo político já declararam uma espécie de independência, e vão lançar novo candidato a distrital em 2022. Com isso, a pergunta que não quer se calar é sobre o que pode ocorrer nas urnas, já que atualmente João Hermeto (MDB), coladíssimo no governador Ibaneis Rocha (MDB), assim como Roosevelt (PSB), que além de Hermeto, também foi eleito prometendo representar a região na Câmara Legislativa em 2018.

Agora, passados quase três anos das últimas eleições, o quadro mudou bastante. Roosevelt, embora mantém as amizades na região, perdeu o apoio do Grupo Eu Quero, e o mesmo grupo também já declarou que não apoiará Hermeto em 2022. Para colocar mais ‘lenha na fogueira’, se uma misteriosa mulher, conhecida na região vir candidata a distrital, pode embaraçar ainda mais a pré-campanha eleitoral. E poderia até definir as eleições naquela região, dizem alguns entusiastas no anonimato.

Representantes do Grupo Eu Quero vão lançar novo candidato em 2022: lenha na fogueira

Assim, ninguém sabe ao certo o que pode ocorrer em 2022, se os atuais eleitos mantém hegemonia, ou se vão ser incomodados por novatos. O quadro está totalmente aberto na 10ª Zonal, dizem alguns gurus da política naquela região. É aguardar para ver no que vai dar.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*