Visita de Caiado a Valparaíso causa rebuliço e soa como resposta à oposição de Lêda Borges

Compartilhe nosso Trabalho

Governador declarou apoio a Pábio Mossoró e desfilou pelas ruas da cidade em carro aberto, como já havia publicado o Blog do Amarildo na terça, 10

Por Amarildo Castro – Causou um verdadeiro alvoroço a visita do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) a Valparaíso de Goiás na terça-feira, 10. O mandatário do Estado veio à cidade especialmente para declarar apoio ao candidato à reeleição para prefeito, Pábio Mossoró (MDB).

A primeira reação foi dos apoiadores de Elvis Santos (SD), candidato a prefeito, que tem como vice Cassiano Franco, o presidente do DEM em Valparaíso, a mesma legenda de Caiado. O grupo, em redes sociais tachou a visita do governador como uma traição ao partido na cidade.

Sem citar a deputada diretamente, Caiado deixou claro que veio à Valparaíso para tirar espaço de Lêda, tentando mostrar que um prefeito aliado do governo seria melhor para a cidade

Mas o que mais chamou atenção foi o discurso do governador que gravou um vídeo e deixou claro que ‘o outro grupo’, em clara referência à candidata a prefeita Lêda Borges (PSDB), que também é deputada estadual e faz dura oposição a Caiado na Assembleia Legislativa de Goiás.

“Analisei muito, o outro lado (que seria Lêda) só quer agredir o governo, então o que é melhor, ter um prefeito do lado do governo ou não?”. “Pábio vai lutar por Educação, Segurança, programas sociais, total conexão com o Governo Bolsonaro e o Governo de Goiás, então não tem aqui minha posição partidária, e sim como governador do Estado. Vocês me elegeram no primeiro turno, o povo quer é qualidade de vida, casa própria, renda e trabalho, por isso apoio o Pábio”, disse.

O grupo de Lêda evitou comentar as declarações, mas as frases de Caiado abriram uma nova ferida política exposta em Valparaíso, a disputa entre Caiado e Lêda, que já dura meses, agora saiu da Assembleia Legislativa em Goiânia e veio para o pleito para a disputa do cargo de prefeito na cidade. As urnas dirão quem sairá vencedor!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*