Wanderson, o ‘Novo Lázaro’ de Goiás é preso em Gameleira após ser convencido a se entregar por moradores de fazenda

Compartilhe nosso Trabalho

Homem se apresentou em delegacia de Gameleira de Goiás, acompanhado de casal que o convenceu a ir ao local para se entregar

POR AMARILDO CASTRO – Uma reviravolta do ponto de vista de buscas ao acusado de triplo homicídio em Goiás, Wanderson Mota Protácio, de 21 anos, aconteceu nas últimas horas, quando o homem chegou a uma fazenda de Gameleira de Goiás, com um revólver, ameaçando um casal de moradores. Mas como herói, o casal teria convencido Wanderson a entrar na casa, sem violência, oferecendo comida e roupa linda, e, em seguida, após acolher o acusado, o convenceu a ir à delegacia para se entregar. As informações são do site metropoles.com. De acordo com a publicação, Wanderson estaria no momento em que se entregou, muito sujo, molhado, maltrapilho e com fome.

Assim, a caçada ao criminoso, que já tem em sua ficha, segundo a polícia, um assassinato em Minas Gerais e outra tentativa de feminicídio em Goiás chega ao fim. Gameleira de Goiás, onde foi preso, fica a 100km de Goiânia, e foi por lá que a polícia fazia as buscas após suspeitas de que Wanderson havia fugido para essa região de carona em uma moto.

Após prisão, o criminoso será encaminhado para unidade policial de Anápolis para procedimentos legais.

Suspeito de matou a mulher e a enteada
Wanderson, conforme já divulgou a mídia, é suspeito de matar a facadas sua mulher, Raniere Aranha Figueiró, de 19 anos, e a enteada, Geysa Aranha Rocha de Souza, de apenas 2 anos. Teria matado ainda um fazendeiro no município Corumbá de Goiás, distante 100km de Brasília.

Foto de arquivo/reprodução/PCGO

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*