Chegou a vez de mostrar quem planta árvores no Guará

Compartilhe nosso Trabalho

Após o sucesso da publicação de um Ipê-amarelo florido na avenida central do Guará II, publicação que ultrapassou 200 curtidas no Instagram do Jornal GuaráHOJECidades, vamos falar nesta terça-feira, 7, de quem colabora com o meio ambiente no Guará. Vários voluntários vem se destacando nessa tarefa, incluindo o próprio projeto Guará+Verde (projeto deste jornal), que de 2007 a 2010, plantou cerca de 300 exemplares de árvores nativas na cidade.

No entanto, vamos direto ao assunto, porque a visita desta tarde foi na casa da Sra. Maria do Amaparo Rocha da Silva, uma maranhense que está no Guará há 41 anos. Aqui, teve três filhos, e mora na cidade há mais de 30 anos, com o esposo Eládio pereira Borges, no Conjunto A da QE 19. Ali, ao lado de casa, já plantou várias árvores, assim como no Parque do Guará, e para sua graça, um exemplar de Ipê-amarelo está totalmente florido em frente à sua casa. Ela mesma plantou o exemplar há 12 anos. “É uma glória, uma benção”, disse, enquanto observava abelhas e pássaros desfrutando das flores da árvore.

Em sua casa, na QE 19, Maria do Amparo continua plantando árvores: preocupação ambiental

Mas Amparo não parou, No momento, tem várias mudas em sua casa. Ela mesma cuida, sem nenhum problema.

Amante da política

Amparo, além de gostar do meio ambiente, continua ligadíssima à política. Trabalha com o deputado Valdelino Barcelos (PP). Mas essa segunda parte, fica para outra reportagem.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*