Dia Nacional da Alfabetização reforça importância da leitura

Compartilhe nosso Trabalho

Em 14 de novembro comemora-se o Dia Nacional da Alfabetização. A data ressalta a relevância da leitura e da escrita no desenvolvimento dos indivíduos: iniciada por volta dos 6 anos, a alfabetização é crucial para que a criança se comunique e interaja com a sociedade. O letramento, processo complementar à alfabetização e que dá sentido social a ela, é iniciado antes, na primeira infância, quando por meio de situações cotidianas os pequenos já conseguem interpretar códigos.

Com 11 milhões brasileiros analfabetos acima dos 15 anos (IBGE, 2020), a alfabetização ainda é um gargalo no país. Após a pandemia, a aprendizagem da leitura e da escrita ganhou uma atenção ainda maior com a retomada do ensino presencial e a interação social, ambos necessários para o desenvolvimento dessas habilidades.

Para falar sobre a importância do letramento sob diferentes perspectivas, podemos auxiliá-lo com especialistas da Red House International School, Camino School, Escola Vereda e área de Literatura Infantojuvenil da SOMOS Educação. Confira abaixo:

Red House International School (www.redhouseschool.com.br *Além de todas as questões envolvendo a aprendizagem tradicional da língua, os especialistas da Red House podem falar sobre a alfabetização simultânea em inglês e português desde a primeira infância. Estudos da área da neurociência comprovam uma série de benefícios cognitivos e sociais para as crianças bilíngues.

Sobre: Com uma história de mais de 60 anos de sucesso em educação, a Red House inspirou-se em instituições internacionais de ponta para trazer ao Brasil o que há de melhor e mais inovador no que diz respeito à educação internacional bilíngue. Com três câmpus na capital paulista, o grupo também conta com unidades em Jundiaí, Recife e Curitiba. Até 2023, o grupo terá 20 escolas espalhadas pelo Brasil. As aulas ocorrem em conformidade com o padrão de carga horária das melhores instituições educacionais do mundo, de período semi-integral.

Unidade de Literatura da SOMOS Educação (www.coletivoleitor.com.br) – *Reunindo as editoras Ática, Scipione, Saraiva, Caramelo, Formato e Atual, os especialistas das SOMOS Educação podem abordar livros infantojuvenis que auxiliam na alfabetização e indicar escritores renomados para aprofundar o assunto, além ressaltar a importância do incentivo à leitura.

Sobre: Com mais de 1,6 mil obras em seu catálogo e mais de 500 autores nacionais e estrangeiros, de diversos gêneros literários, a área de Literatura da SOMOS Educação reúne obras dos selos Ática, Atual, Caramelo, Formato, Saraiva e Scipione de literatura infantojuvenil. A área também é responsável pelo Coletivo Leitor, portal que busca difundir o valor e a importância da leitura e da literatura para o ser humano desde criança, estimulando a criatividade e o desenvolvimento da empatia.

Camino Education (www.caminoeducation.com) – *A rede trabalha com Ensino Fundamental I e II; ao contar com mais de 300 estudantes, a escola pratica a metodologia da aprendizagem ativa, por meio da qual o educando é inserido como protagonista no processo como um todo, aprendendo por meio de projetos intitulados ‘Expedições’. Um time de pedagogos, gestores e educadores pode falar sobre o tema alfabetização.  

Sobre: Como um ecossistema educacional que integra educadores, gestores, pais e estudantes, a Camino Education tem a missão de enriquecer a Aprendizagem para milhões de alunos, com a aspiração de transformar aulas tradicionais em experiências de aprendizagem inesquecíveis, de alta qualidade educacional e engajamento significativo dos educadores e dos alunos, por meio da Aprendizagem Ativa. A Cloe, plataforma digital completa de Aprendizagem Ativa desenvolvida pela Camino Education, a Camino School, escola de referência em São Paulo, e o Centro Camino de Aprendizagem Ativa, centro de formação de educadores, compõem esse ecossistema. A Camino Education é a primeira Edtech brasileira a compor a comunidade Global Innovators do World Economic Forum e está entre as 100 Edtechs mais inovadores da América Latina, segundo o ranking 2020 LATAM 100 Edtechs anual.

Escola Vereda (www.escolavereda.com.br– *Os especialistas da Vereda podem falar sobre como funciona o processo de alfabetização, ressocialização após a pandemia, quais as metodologias utilizadas e sobre o papel das famílias durante o desenvolvimento das habilidades de comunicação.

Sobre: Com 5 anos de atuação, a Escola Vereda oferece formação do Ensino Fundamental I ao Ensino Médio nos campus de Santo André, São Bernardo do Campo e Mooca. Ela se destaca por ofertar educação integral, através de um planejamento pedagógico minucioso, construído com intencionalidade pedagógica, permitindo assim o foco no protagonismo do estudante e na construção do conhecimento, de maneira alinhada à BNCC, por meio do desenvolvimento dos conteúdos, das habilidades cognitivas, habilidades socioemocionais e habilidades para a vida, resultando na formação das competências necessárias para o século XXI. Tudo isso com um ticket médio competitivo, com o objetivo de oferecer um ensino de qualidade acessível.

Texto e foto: colaboração de Mira Comunicação

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*